A GERASOL é uma empresa que oferta cursos de capacitação sobre a tecnologia social e ecológica Aquecedor Solar de Baixo Custo – ASBC, realizando também a comercialização dos materiais e componentes para sua fabricação, montagem e instalação. O ASBC é um sistema de aquecimento solar que pode ser fabricado pelo próprio usuário, trazendo economia e conforto para o lar e colaborando para o desenvolvimento sustentável através da geração de uma energia limpa, livre de poluentes.

O instrutor dos cursos ofertados pela GERASOL, Rafael Xavier, é Geógrafo pela Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG e Técnico projetista em sistema de aquecimento solar a baixo custo, pela Sociedade do Sol, uma associação de pesquisadores que está localizada no Centro de Inovação, Empreendedorismo e Tecnologia da Universidade de São Paulo, que coordena a disseminação do ASBC em níveis nacional e internacional. Decorrente desta formação surgiu em 2008 o projeto de extensão do Museu de História Natural e Jardim Botânico da UFMG denominado “Disseminação Popular da Energia Solar” que consiste na oferta mensal do curso de capacitação “Fabricação, Montagem e Instalação do Aquecedor Solar de Baixo Custo” com carga horária total de 8h, realizado em um único dia. Até a conclusão do projeto de extensão em agosto de 2014, mais de 5.000 cidadãos foram capacitados e se tornaram multiplicadores da tecnologia social ASBC.

Nos anos de 2012/2013 a GERASOL participou do Programa Dignidade – Negócios para a Redução das Desigualdades Sociais, promovido pela Fundação Dom Cabral. Nesta oportunidade se especializou em Gestão de Negócios Sociais  com objetivo de ampliar o conhecimento e o uso do ASBC com foco em Belo Horizonte e no interior de Minas Gerais utilizando-se de metodologias inovadoras e  criativas nas relações com as pessoas que interagem com sua proposta de negócio.

Atualmente o curso de capacitação é ofertado na Associação Mineira de Educação Continuada – ASMEC, com periodicidade mensal, e também em outros municípios através de parcerias com pessoas e instituições, como escolas técnicas, faculdades, empresas, sindicatos, ONGs, creches, asilos, e outras que tem afinidade com a proposta, que visa promover geração de renda, sustentabilidade ambiental, economia financeira familiar, melhoria na qualidade de vida e desenvolvimento local aos cidadãos e municípios .